O ROSSIO é constituído por um consórcio composto por sete instituições. Reunidos, a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (coordenadora do consórcio), a Câmara Municipal de Lisboa, a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, a Direção-Geral dos Livros, Arquivos e Bibliotecas, a Direção-Geral do Património Cultural, a Fundação Calouste Gulbenkian e o Teatro Nacional D. Maria II, disponibilizam um conjunto de fontes e recursos únicos e representativos da riqueza e da diversidade da história, da sociedade e do património cultural de língua portuguesa.

 


 


Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH)

 

A Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa é a instituição académica líder e de maior abrangência disciplinar no contexto das CSAH em Portugal. Como coordenadora do consórcio ROSSIO, assegura a credibilidade científica da infraestrutura, integrando os seus acervos e o resultado dos trabalhos realizados ao longo das últimas décadas pelas suas Unidades de Investigação financiadas e avaliadas pela FCT.

 


 

Câmara Municipal de Lisboa (CML)

Arquivo Municipal de Lisboa (AML)

 

O Arquivo Municipal de Lisboa é um dos maiores e mais antigos arquivos do país, detentor de um acervo documental bastante diversificado, desde o século XIII até à atualidade, constituído por fundos e coleções com documentos de natureza textual, gráfica, cartográfica, fotográfica e videográfica, de grande importância para o estudo da cidade e do país. O acesso à documentação e partilha da informação são facilitadas pela existência de um guia de fundos e de uma base de dados, disponíveis on-line.

 


 

 

Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema

 

A Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema é o organismo nacional, tutelado pelo Ministério da Cultura, que tem por missão recolher, proteger, preservar e divulgar o património relacionado com as imagens em movimento, promovendo o conhecimento da história do cinema e o desenvolvimento da cultura cinematográfica e audiovisual. É membro da Federação Internacional dos Arquivos de Filmes desde 1956.

 


 

Direção-Geral do Livro, Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB)

Arquivo Nacional Torre do Tombo (ANTT)

 

A Direção-Geral do Livro, Arquivos e das Bibliotecas é um serviço central da administração direta do Estado. Integra o Arquivo Nacional Torre do Tombo, uma das instituições portuguesas mais antigas e um arquivo nacional que custodia documentos do século IX à atualidade. A sua missão é salvaguardar, valorizar e divulgar o património cultural (arquivístico e fotográfico), bem como preservar os novos arquivos eletrónicos no âmbito de atuação do organismo.

 


 

Direção-Geral do Património Cultural (DGPC)

 

A Direção-Geral do Património Cultural é responsável pela gestão do património cultural em Portugal Continental. As suas atribuições passam pelo estudo, investigação e divulgação do património imóvel, móvel e material, gestão do património edificado arquitetónico e arqueológico, gestão dos museus nacionais e monumentos classificados como Património Mundial, coordenação da Rede Portuguesa de Museus, entre outras atividades.

 


 

Fundação Calouste Gulbenkian (FCG)

 

A Fundação Calouste Gulbenkian, criada por testamento de Calouste Sarkis Gulbenkian, desenvolve atividades a partir da sua sede em Lisboa (Portugal) e das suas delegações em Paris (França) e em Londres (Reino Unido). A sua missão é melhorar a qualidade de vida das pessoas através da arte, beneficência, ciência e educação. A Biblioteca de Arte e Arquivos visa promover, através da partilha e do desenvolvimento das coleções documentais e dos arquivos, o estudo, a compreensão, a reflexão e a fruição dos legados histórico-culturais da Fundação e do Fundador e da Arte Moderna e Contemporânea portuguesas.

 


 

Teatro Nacional D. Maria II (TNDMII)

O Teatro Nacional D. Maria II, E.P.E. é uma entidade pública empresarial tutelada pelos Ministérios da Cultura e das Finanças, que tem por missão assegurar a prestação de um serviço público no domínio da atividade teatral. A sua Biblioteca|Arquivo tem por missão salvaguardar e conservar o valioso património documental do TNDM II, promovendo o estudo, investigação e divulgação das suas coleções e arquivos especializados na área das artes do espetáculo, no quadro das novas tecnologias de informação e comunicação. É membro da SIBMAS e parceiro do RNOD.